Ir para o conteúdo

Alison Rodrigues tem 23 anos e é um artista mineiro natural do interior de Carmo da Mata, sendo o ressignificador do movimento denominado "CATECISMO".

Criado em um sítio, seus hobbies incluíam jogar futebol e, especialmente, fazer desenhos, nos quais sempre se destacou entre os colegas. Com o passar dos anos e a conquista de sua independência financeira após se mudar para Indaiatuba, em São Paulo, Alison pôde investir profissionalmente em sua sensibilidade e fazer criativo. Sua pesquisa artística tem como ponto de partida o conceito de “CATECISMO”, reinterpretando o antigo processo de apagamento e colonização dos povos africanos no Brasil. Através de sua arte, Alison busca não só denunciar esse regime, mas também gerar um senso de pertencimento e admiração pela beleza das pessoas pretas. Em suas obras, ao contar a história de resistência de uma parcela frequentemente marginalizada da população brasileira, observa-se a recorrente utilização de auréolas. Essa abordagem visa resgatar a santidade das pessoas pretas, anteriormente demonizadas pela Igreja Católica. O trabalho de Alison tem sobretudo o objetivo de romper com as amarras e normas sociais, criando uma arte disruptiva e, por vezes, indigesta para alguns, distanciando-se cada vez mais da semelhança com a fotografia.

Principais Exposições

● 2023 - TÚ TÁ NO RJ (Centro-RJ) ● 2023 - Sarau Todas Palavras - Vozes Negras (Indaiatuba-SP) ● 2023 - Expo no Bar da Treze (Indaiatuba-SP)